E nada como um “acertozinho” com o Centrão em nome do povo, não é?