Mas não acerta uma. Talvez Lula tivesse tido mais sorte se pudesse escolher um advogado ao invés de ter um cúmplice como advogado.